13/09/2011

De olho no Google+, Facebook cria listas de amigos

O Facebook anunciou nesta terça-feira (13) que introduzirá "listas inteligentes" que automaticamente colocam os amigos em categorias e priorizam as notícias das pessoas mais próximas aos membros da maior rede social on-line do mundo.

O funcionamento dessas listas começa nesta quarta-feira (14) e ocorre num momento em que o rival Google+ tenta ganhar usuários oferecendo compartilhamento de informações em "círculos", com base nos grupos sociais do mundo real tais como família, amigos e colegas de trabalho.

Sobre as listas inteligentes, o diretor de produtos do Facebook, Blake Ross, explicou que "isso é algo no qual temos trabalhado nos últimos quatro anos".

- Acho que é desse jeito que as pessoas vão fazer as listas daqui para frente.

O Facebook começou em 2007 a permitir que os membros individualmente organizassem seus amigos em listas que seriam alvo dos comentários e compartilhamentos de informações, fotos e outros fragmentos da vida.

As listas inteligentes poupam aos usuários do Facebook o trabalho de ter de criar listas colocando os amigos em grupos, com as primeiras quatro categorias sendo trabalho, escola, família e cidade.

- É idiotice alguém gastar a tarde de sábado categorizando seus amigos no Facebook. Nós queremos fazer com que seja o mais fácil possível organizar seus amigos.

As listas são criadas e atualizadas com base nas informações que as pessoas concordam em dividir com amigos no Facebook, de acordo com Ross.

- As listas tiram toda a dor de organizar amigos no Facebook. Você sempre poderá adicionar ou remover pessoas das listas depois de o Facebook fazer uma recomendação.

Elas filtram os amigos com base em detalhes como idade ou colégios para criar listas de colegas de classe, por exemplo. A categoria "cidade" irá categorizar pelas regiões, desde amigos que moram perto até outros que residem em outras cidades. O Facebook também permitirá a cada usuário criar uma lista de pessoas "mais próximas", segundo Ross.

As notícias desses amigos terão prioridade na timeline e as pessoas também poderão ver as notícias em listas separadas.

- Acho que meus amigos me amam, mas não acho que eles vão querer saber toda vez que meu bebê dá um passo. Isso permitirá que as pessoas dividam pedaços de suas vidas com audiências diferentes. R7

Nenhum comentário: