26/06/2011

Não se discute 5×0

Os placares no futebol são consequência de detalhes e circunstancias. Você ganha, empata ou perde, as vezes, por culpa de um detalhe ou um erro que nem parece tão relevante durante a partida. Aí você, que perdeu, chora. O que ganhou, menospreza.
Hoje, para os tricolores, o erro da arbitragem foi gritante e grotesco. Para os alvi-negros, não houve erro. O que não há, pra mim, é como discutir um 5×0.
As opções do São Paulo eram poucas diante dos desfalques. Mas estando entre elas alguns “mais experientes”, porque entrar com um time cheio de garotos pra jogar um clássico sem torcida a favor, praticamente?
Porque Ilsinho e Rivaldo não estavam em campo hoje? Não era mais fácil do que jogar a garotada pros leões?
Carpegianni, que é fraco e eu não vou ficar mudando de idéia a cada vitória conquistada, errou e feio ao optar por garotos.
O time não fez NADA antes ou depois da expulsão. Expulsão que, diga-se, pra mim, foi justa. A entrada foi forte e pra amarelo.
Os lances do Jorge Henrique me pareceram também pra amarelo. Mas o segundo me PARECEU, porque não teve replay, logo, eu só “acho”.
Seja como for, aos 40, o Corinthians tinha 12 finalizações a 1. Isso não é retrado de um time que pode ir pro vestiário dizendo que “perdeu porque o juiz expulsou…”.
No fim do jogo era 28 x 4 as finalizações, e a atuação do Corinthians na segunda etapa beirou a perfeição. A do SPFC, a tragédia.
Não me convence que isso tenha sido um resultado que “comprove” algo. Comprova que garotos não são confiáveis. Eles podem voar, podem sumir, podem tremer, podem errar.
Não vale condená-los. Não é justo.
Como não achei justo os elogios exagerados a um time que ganhou 4 dos 5 primeiros jogos sem jogar nada.  Mas, o que vale é resultado, especialmente no Morumbi.
Assim sendo, não se discute 5×0.
Ao Corinthians, ainda sem Alex, não poderia ser melhor.  Faltando peças, o time faz o que fez no seu rival, com requintes de crueldade nos “olés”, não debochados, diga-se.
O que aconteceu hoje no Pacaembu foi histórico, polêmico, incrível, marcante, o que quiser….
Menos discutivel.
Pois, repito, não se discute 5×0.
abs,
RicaPerrone

2 comentários:

Anselmo Marinho disse...

Saudações!

Realmente o Timão foi arrasador, 28 finalizações à 4 é um recorde!

Também não me venha com desculpinhas de desfalques, pois time bom é aquele que possui ELENCO e pelo visto não é o caso do são paulo, dependente de um garoto que está exercendo um papel muito maior que é o de servir seu país.

Por fim, o Corinthians foi muito superior como é sua ideologia e como dizem: "A bola puni." O Rogério foi falar mais do que a boca para o árbitro e no fim das contas ganhou um frango!

P.S: Interessante blog, o seguirei e gostaria que fizesse o mesmo por mim!

bocadainternet.blogspot.com

Um grande abraço.

Anselmo Marinho disse...

Alô! Tem alguém aí?